Institucional

Sobre


O Sincomercio Mogi Mirim (Sindicato do Comércio Varejista de Bens, Serviços e Turismo de Mogi Mirim) está situado na cidade há mais de duas décadas. É presidido por José Antonio Scomparin, comerciante que participou da fundação do órgão e que se tornou grande influência e referência na cidade.

A proposta do sindicato é tornar viável e eficaz o trabalho dos comerciantes do ramo varejista, de turismo e de bens da cidade de Mogi Mirim. É o órgão representativo do comércio, ou seja, busca os interesses e benefícios dos empreendedores, proprietários de estabelecimentos comerciais ligados ao ramo de atuação do Sincomercio Mogi Mirim.

Atualmente cerca de 1000 empresas estão cadastradas e vinculadas ao sindicato. Se a sua empresa ainda não está cadastrada entre em contato conosco pelo telefone (19) 3806-5601 ou pelo e-mail sincomercio@sincomerciomogimirim.com.br.


MISSÃO

Assegurar às empresas representadas as melhores condições para gerar resultados positivos orientando para aplicação de políticas que dêem sustentabilidade às empresas.


VISÃO

Liderar a comunidade empresarial representada, com reconhecida influência no desenvolvimento na cidade de Mogi Mirim e região.


PRINCÍPIOS

  • - Transparências nas ações;
  • - Isonomia;
  • - Comprometimento com a representatividade;
  • - Respeito aos direitos;
  • - Busca de harmonia;
  • - Idoneidade aberta e honesta;
  • - Auto-organização;
  • - Autonomia nas pontas;
  • - Pró-soluções.

BANDEIRAS

  • - Gestão pública eficaz;
  • - Racionalização dos impostos;
  • - Fortalecimento de representatividade;
  • - Liberdade individual e coletiva na relação de emprego;
  • - Combate a informalidade;
  • - Luta pela longevidade das empresas;
  • - Combate as empresas clandestinas;
  • - Criação do código de Ética para a moralização do Segmento.

 

PALAVRA DO PRESIDENTE

É inadmissível o que está acontecendo em nosso país, em tudo surge a famosa corrupção. Não podemos continuar desta maneira, com todos os valores que conhecemos e que nos foram ensinados indo para o ralo do descrédito.

Nossos meios de comunicação já estão cansados de noticiar sobre os escândalos dos mais variados. É inadmissível que o vicepresidente do legislativo esteja no meio de um lamaçal de desvio de dinheiro público, e isso é somente um exemplo.

E é claro que tudo isso desestimula quem quer produzir e viver honestamente. Esse ambiente acaba penalizando quem quer produzir e quem gera riqueza, fazendo com que se tenha que enfrentar todo tipo de dificuldades.

Não há formação de empreendedores e vai chegar uma hora em que não haverá mais produção, somente haverá consumidores. Pobre, Brasil, tão bonito e tão mal governado!

José Antonio Scomparin Presidente do SICOVAMM

José Antonio Scomparin
Presidente do SINCOMÉRCIO