Notícias locais

27 de maio de 2021

Adotemos o Cartão Alimentação


O Sincomercio (Sindicato do Comércio Varejista de Mogi Mirim) apresentou, nos últimos dias para a Prefeitura, a sugestão de alterar a forma como a cesta básica é fornecida aos servidores municipais. O objetivo é fazer com que a tradicional cesta básica seja trocada pelo moderno sistema de cartão alimentação. Assim, a medida traria benefícios para toda a cidade.

Atualmente, a Prefeitura gasta em média cerca de R$ 7.128.000,00 por ano com a compra de cestas básicas. O problema é que, hoje, a fornecedora dos produtos não fica instalada em nossa cidade e, portanto, esse volumoso gasto não reverbera na economia local. A empresa não compra seus produtos no comércio local e, tampouco, recolhe impostos em nossa cidade. Portanto, Mogi Mirim fica apenas com o ônus da negociação, enquanto outras cidades colhem seus frutos.

Já com a nossa proposta de cartão alimentação, os próprios servidores seriam responsáveis por realizar suas compras. Com isso, o fariam no comércio local, ajudando a movimentar os estabelecimentos comerciais e a gerar lucros para empresas mogimirianas. Essa nova situação, ainda, traria benefícios para o próprio governo, já que empresas gerando mais lucros, em nossa cidade, repercutiriam em mais impostos pagos aos cofres municipais.

Mas, não é só isso! Com o cartão alimentação, os próprios servidores passariam a escolher o quê e quando comprar, dando mais autonomia e mais liberdade a todos.

Diante de tudo isso, nós, do Sincomercio, estamos convencidos dos benefícios que essa simples mudança causaria.

Agora, aguardamos que a Prefeitura analise e acate nossa sugestão que só traz benefícios!

Números aproximados dos investimentos:

594.000 por mês
7.128.000 por ano
28.512,000 em 4 anos

Voltar para Notícias