sincomercio-circular-2018

Notícias locais

29 de julho de 2019

COMO EXPANDIR SEUS NEGÓCIOS PARA OS EUA


A aproximação dos governos do Brasil e dos Estados Unidos cria a expectativa de que o fluxo comercial entre ambos cresça. Embora o mercadoi norte-americano já seja o segundo principal destino das exportações brasileiras, especialistas ressaltam que há bastante espaço para pequenas e médias empresas internacionalizarem seus négocios no principal centro capitalista do Ocidente.

Ao contrário do Brasil, boa parte da legislação norte-american varia conforme o Estado. “Entender as normas do local onde se entra é fundamental. Por isso, quando se trata dos Estados Unidos, o empreendedor deve buscar um escritório de advocacia dos Estado para o qual vai internacionalizar o seu negócio ou produto”, recomenda o head da Boston Innovatio Gateway, braço de internacionalização da consultoria de inovação IXL Center no Brasil, Fernando Ribeiro.

Ribeiro indica que, nos EUA, o empresário comece por Estados menos visados, em vez de encarar a alta concorrência de Nova York e Califórnia. O CEO da concorrência de Nova York e Califórnia. O CEO da consultoria contábil e jurídica Drummond Advisors, Pedro Drummond, alerta que negócios internacionais acarretam implicações tributárias no exterior e no território de origem da empresa. “O empreendedor tem de buscar uma consultoria que ohe os dois países, para auxiliar contábil e juridicamente”, diz.

Voltar para Notícias