Notícias locais

18 de novembro de 2020

Esclarecimento a bem da verdade


A respeito do comunicado do Sindicato dos Empregados no Comércio, convém esclarecer alguns pontos:

 

1 – Eventual multa pelo trabalho do empregado no feriado é por empresa e não por funcionário, salvo decisão judicial em contrário;

 

2 – Eventual fiscalização sem Convenção Coletiva assinada não pode ser realizada pelo Sindicato dos Empregados, mas tão somente pelo Ministério do Trabalho;


3 – Acordo Coletivo para o trabalho no feriado sem participação do SINCOMERCIO
(empregadores) não tem previsão legal;

 

4 – Quem se recusa a compreender a dificuldade das empresas é o sindicato dos empregados que não se preocupa com o desemprego crescente;

 

5 – Neste instante não é possível contribuir com valores ao Sindicato dos Empregados sob pena de pagamento à revelia do funcionário.

 

Alerta.

 

Todo desconto feito no salário do funcionário pelo empregador e repassado ao Sindicato dos Empregados é passível de ressarcimento por parte do empregador, já que não temos convenção coletiva.

 

6 – A Diretoria do SINCOMERCIO (empregadores) não trabalha mediante recebimento de salários.

 

DIGA NÃO AO TERRORISMO BARATO.

Voltar para Notícias