sincomercio-circular-2018

Notícias locais

9 de outubro de 2019

Orquestra Sinfônica da Unicamp fará apresentação em Mogi Mirim com Maestro Peruano


Sincomercio Mogi Mirim traz Orquestra Sinfônica da Unicamp para apresentação com maestro peruano, Fernando Ortiz Villate, e flautista Juliano de Arruda Campos

No dia 24 de outubro a Orquestra Sinfônica da Unicamp vai à cidade de Mogi Mirim e recebe dois convidados: o maestro peruano Fernando Ortiz Villate e o flautista Juliano de Arruda Campos. O concerto será reapresentado no dia 25, às 13h na Casa do Lago (Unicamp).

O maestro imprime sua identidade latina no repertório, com a peça tradicional “Marinera y Tonder”. E estabelece conexões entre a obra do compositor basco J. C. Arriaga “Sinfonia para grande orquestra” e o “Concerto para flauta….” de W. A. Mozart. Arriaga ficou conhecido como o Mozart basco/espanhol, por conta de várias coincidências entre suas biografias: ambos foram reconhecidos como jovens prodígios, morreram jovens, nasceram no mesmo dia (27 de janeiro, com 50 anos de diferença).

Conheça nossos convidados para estes concertos:

 

Juliano De Arruda Campos, flautista convidado

juliano_arruda_campos_flautista

Juliano De Arruda Campos, flautista convidado

Iniciou seus estudos musicais no Conservatório de Tatuí, onde também foi professor e integrante da Orquestra Sinfônica. Graduou-se pela USP, sob a orientação do flautista Antônio Carlos Carrasqueira. Teve como professores: Aylton Escobar, Gilberto Mendes, Gil Jardim, Mario Ficarelli, Olivier Toni, Willy Corrêa de Oliveira, Roberto Tibiriçá, Rodrigo de Carvalho, dentre outros, aperfeiçoando-se com Sir James Galway, Raffaele Trevisani e Lady Jeanne Galway. Atuou como professor e/ou regente em: Raffaele Trevisani International Summer Course (Itália), Sir James Galway Flute Festival, 1º Curso Internacional de Flautistas de Assunção (Paraguai), Curso Internacional de Flautistas de Itu. Esteve em turnê pela América Latina e Europa. Também foi professor e regente do Raffaele Trevisani International Summer Course em Premeno (Itália). Contribuiu para a organização de diversos eventos de sua área artística, como Sir James Galway Flute Festival (Suíça), Festival de Inverno de Presidente Prudente, Curso Internacional de Verão de Flautistas de Itu, Um dia de Masterclass com o Maestro e Flautista, 2º. Curso Internacional de Verão de Flautistas de Itu, Curso internacional de flautistas de Bauru.

Fernando Ortiz Villate, maestro convidado

fernando-ortiz-villate-maestro-convidado

Fernando Ortiz Villate, maestro convidado

Natural de Lima Peru, 1980, atualmente radicado em São Paulo – Brasil. Com formação em Regência Orquestral, teve como professores os maestros: Roberto Tibiriçá, Isaac Karabichevsky, Osvaldo Ferreira (Portugal), Abel Rocha, Eduard Brown (Julliard School), Wilfried Miterer (Alemanha) entre outros. Atua como professor de Teoria Musical, Análise Musical e Regência Orquestral em diversos Festivais de Música no Brasil e América Latina. Atualmente é Diretor Artístico e Regente Titular da Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu e regente convidado em: Orquestra Sinfônica da UNICAMP, Orquestra Sinfônica de Sorocaba, Orquestra Sinfônica de Americana, entre outras. Participa como regente e pianista convidado no Festival de Inverno Campos do Jordão e concertos na Sala São Paulo.

 

Orquestra Sinfônica da Unicamp

orquestra-sinfonica-da-unicamp

A Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU) é um corpo artístico profissional, mantido pela Universidade Estadual de Campinas, que está vinculado ao Centro de Integração, Documentação e Difusão Cultural da Unicamp (CIDDIC).

Fundada em 1982, a OSU realiza concertos, óperas, gravações, espetáculos multimídia, programas de educação e formação de público, música de câmara, atuando paralelamente como laboratório de pesquisa em criação e performance musical. Seus projetos também incluem o Fórum Gestão Orquestral e Compromisso Social, que tem por objetivo a atualização de líderes e gestores do meio sinfônico, e o Projeto Identidade, Música e Arquitetura, em parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), que leva música e história aos prédios e espaços públicos da cidade de Campinas.

Em 2010, lançou o seu primeiro CD, intitulado “Novos Universos Sonoros”, com patrocínio da Petrobras, que reúne obras inéditas de compositores brasileiros, escritas para orquestra e grupos de câmara. Gravou, em 2013, o CD “Panorama da Música Brasileira Vol. 1” e, em 2018, o CD “Teuto-brasileiro”, contemplado pelo edital FICC.

Em parceria com o Ópera Estúdio Unicamp, o Coral Contemporâneo de Campinas e Coral Unicamp Zíper na Boca, fez a montagem das óperas “As Bodas de Fígaro” (2014), “Don Giovanni” (2015), “O Empresário” (2016) e a “Flauta Mágica” (2017), de W. A. Mozart, e ainda pilares do repertório romântico, como “O Elixir do Amor” (2016) de Gaetano Donizetti e “La traviata” (2018) de Giuseppe Verdi. Paralelamente a obras do repertório lírico tradicional, a OSU também realizou a estreia da ópera multimodal “Descobertas” de Jônatas Manzolli, em 2016, e a montagem da ópera barroca “Les Plaisirs de Versailles”, contemplada no edital FICC em 2012.

Com a produção da “A Flauta Mágica” em 2017, a OSU realizou a primeira ópera com recursos de acessibilidade da Região Metropolitana de Campinas.

 

SERVIÇO

 

Concerto oficial “Orquestra Sinfônica da Unicamp”

24 de outubro, quinta-feira, 19h30

Igreja Bom Jesus do Mirante

Praça Itapira, Bairro Mirante

Realização: Sincomercio Mogi Mirim

25 de outubro, sexta-feira, 13h

Casa do Lago (Unicamp)

Ambos os concertos têm entrada franca

Orquestra Sinfônica da Unicamp

Fernando Ortiz Villate, maestro convidado

Juliano De Arruda Campos, flautista convidado

INFORMAÇÕES: (19) 98196 6675

Voltar para Notícias